Header Ads

Decor News
recent

Obras de montagem dos ambientes da CASACOR Minas seguem em ritmo acelerado

Centenas de profissionais trabalham em diferentes turnos para terminarem as edificações da mostra. Expectativa é que o número de visitantes seja o maior da história do evento.
Crédito: Lecanovo

As obras de montagem dos 58 ambientes da 25ª edição da CASACOR Minas, marcada para ocorrer entre os dias 03 de setembro e 13 de outubro, no Palácio das Mangabeiras, estão em ritmo acelerado. Cerca de 500 profissionais entre arquitetos, design de interiores, paisagistas, pedreiros, pintores, marceneiros, jardineiros e soldadores trabalham, diariamente, na construção e finalização dos ambientes, que ocorrerá nesta semana.
Até o momento, considerando todos os projetos, foram investidos aproximadamente R$ 10 milhões. “Desse total, contabilizamos cerca de R$ 4 milhões para o restauro dos jardins. Os outros R$ 6 milhões fazem parte da montagem das cenas”, destaca Eduardo Faleiro, diretor da CASACOR Minas. Outro custo apontado por ele é o de manutenção do Palácio das Mangabeiras, que chega a cerca de R$80.000,00/mês.
Crédito: Lecanovo
Com todo esse aporte financeiro, além, é claro, do local escolhido para ser sede da mostra deste ano, que será aberto pela primeira vez ao público, faz com que a expectativa do número de visitantes da CASACOR Minas 2019 seja o maior da história do evento. De acordo com Juliana Grillo, diretora comercial da mostra, cerca de 70 mil pessoas são esperadas ao longo dos 40 dias de visitação. E para receber todo esse contingente, diversas empresas parceiras trabalham diariamente no canteiro de obras para finalizarem os projetos dos 92 profissionais que participam da atual edição.  
Crédito Nereu Jr
É o caso da Confere Engenharia, responsável por fornecer toda a parte de infraestrutura da mostra. A empresa também atua diretamente na edificação dos seguintes ambientes: Espaço Globo Minas, de Luis Gustavo e João Lucas, Sala das Palmeiras, de Philipe Pinheiro e Carla Cruz,Escritório do Jardim, de Marina Diniz e Paula Guimarães, Gabinete, de Bárbara Nobre e Norah Fernandes e Pavilhão Office, de Fernanda Villefort.
-Outra parceira presente na fase de obras é a Tecnodry Gesso, responsável por executar a tecnologia de construção a seco dos projetos Café, de Rodrigo Aguiar, Cozinha Funcional, assinado por Ana Bahia e Sarah James, Espaço Globo, de Luiz Gustavo, Banheiro do Restaurante, de Maluh Amorim, Bilheteria, de Juliana Vasconcelos e Louçaria, de Felipe Pederneira.
Crédito: Lecanovo
Encarregada pela gestão dos resíduos gerados na CASACOR, a Aterra é a parceira sustentável da CASACOR Minas e atende a todos os projetos desta edição. Ela é responsável pela correta destinação de rejeitos de obra. Todo o material recolhido até o momento é destinado a um aterro de resíduos da Construção Civil – Classe A, que tem como característica reutilizar ou reciclar os sedimentos condicionados. De acordo com o diretor operacional da instituição, Bruno Giovannini, foram recolhidas até o momento 61 toneladas de resíduossendo 70% de entulhos/podas de árvores e plantas, 10% de papelão, 8% de metais e 12% de outros materiais. Esse volume de detritos representa 47% do total dos sedimentos retirados na mostra de 2018, quando foram coletados 13.000kg de entulhos, 1.902 kg de papelão, 1.493kg de metalon, 102kg de plástico e  3.000kg de entulho reaproveitado. A expectativa é de que até o final da mostra deste ano, quando ocorrerá a desmontagem de todos os ambientes, sejam recolhidas 200 toneladas de rejeitos. Os materiais de revestimentos de parede e pisos serão destinados a projetos sociais.
Crédito Nereu Jr
Outras empresas parceiras da 25ª CASACOR Minas nessa fase de obras são: GT Serviços, responsável pela portaria, conservação, limpeza e vigilância do Palácio das Mangabeiras, Emive, que cuida de toda a segurança eletrônica da mostra, Detronic, encarregada pelo nivelamento dos pisos, cortes de terras, demolição e funcionamento dos espaços e a Optpower, encarregada por fornecer toda a energia elétrica da mostra, gerada por placas fotovoltaicas, transformando a mostra em um ambiente sustentável, também, em termos de energia.

Sobre o Palácio das Mangabeiras

Inaugurado oficialmente em 1955, o Palácio das Mangabeiras foi construído entre 1951 e 1955 para ser a residência oficial dos governadores de Minas Gerais. A edificação vem sendo utilizada para esta finalidade desde a sua inauguração, ocorrida durante o governo de Juscelino Kubitschek. Tudo indica que o projeto arquitetônico é assinado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Já o projeto paisagístico original é de Roberto Burle Marx, duas grandes referências em suas áreas de atuação. Localizado aos pés da Serra do Curral, o Palácio segue o estilo modernista. Apesar de não ter as dimensões que outros palácios tradicionais da cidade como o da Liberdade, por exemplo, o Palácio das Mangabeiras tem uma importância histórica para a política de Minas Gerais, sendo palco de inúmeras reuniões e encontros decisivos. 


Sobre a CASACOR Minas

A CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas e reúne, anualmente, renomados profissionais. Em 2019 chega à sua 25a edição em Minas Gerais e com mais de 20 eventos nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Interior de SP, Litoral de SP, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina) e seis internacionais (Miami, Peru, Chile, Equador, Bolívia e Paraguai).
Redes
INSTAGRAM: @casacorminas

Sobre a Multicult
A Multicult é uma empresa promotora de eventos diversos, entre eles a CASACOR Minas, que, em 2019, completa 25 edições ininterruptas. A proposta da empresa é promover e empreender projetos e iniciativas nas áreas de Cultura, Arquitetura, Design, Gastronomia e Urbanismo. O portfólio de ações desenvolvidas com a assinatura da Multicult reúne eventos diversos que se destacam por promover não apenas entretenimento, mas também uma plataforma de inspiração, informação e networking. Outro foco de atuação da empresa é a promoção de iniciativas que contribuam para a preservação da memória e da identidade urbana.

Redes
INSTAGRAM: @multicult.cc













Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.