Apartamento de 65 m² ganha amplitude para família em crescimento

 Jovem casal ganha conforto e leveza para a chegada do primeiro filho

O estilo clean e industrial se misturam nesse apartamento de 65 m², lar de um jovem casal curitibano à espera de seu primeiro filho. O desafio de transformar o local em um em um espaço amplo, contemporâneo e que fugisse do comum foi lançado às arquitetas Carolina Danylczuk e Lisa Zimmerlin, da UNIC Arquitetura, que trouxeram ao ambiente o equilíbrio entre tons de cinza, branco e preto em composição com o aconchego dos detalhes em madeira.

Com uma planta compacta e repleta de elementos estruturais aparentes, o apartamento precisou de algumas reformas. A parede entre a cozinha e a sala de jantar foi abaixo, trazendo maior amplitude e facilitando a circulação. No espaço foi criado um elemento suspenso multifuncional que serve como um painel para a televisão de um lado e, de outro, como um apoio para o micro-ondas e pequenos utensílios. O bloco, apesar do volume, garante leveza e permeabilidade ao ambiente. Na escolha dos revestimentos, a cozinha ganhou um tom moderno com a combinação entre o granito bruto preto e o silestone branco.


Um dos pontos altos do projeto é o revestimento de placas de concreto, que envolve todos os ambientes da área social. O material garante o tom industrial do apartamento, dá unidade ao espaço e ainda evidencia a mesa de jantar ligada à parede. Vale o destaque para o quadro “A Peruana”, da fotógrafa Mana Gollo. Para dar maior amplitude à sala de jantar, ainda foram colocados painéis com espelho, alternativa que também auxilia na difusão da luz natural.



Área íntima

Com o bebê a caminho, o quarto kids ganhou atenção especial. O ambiente foi projetado para acompanhar as mudanças que chegam rapidamente nessa fase. Como o espaço era compacto, as arquitetas desenharam uma peça que envolve tanto o berço, quanto o trocador e o gaveteiro de apoio. O enxoval ganhou a cara da família graças à personalização em parceria com a especialista no segmento Sonhos de Ninar.


A suíte segue a mesma linguagem e conceito do apartamento, com o uso de tonalidades de cinza, branco e preto, além da madeira, que garante o tom aconchegante. O toque final fica nos detalhes, como o quadro da Urban Arts sobre a penteadeira.

Créditos: Eduardo Macarios













Compartilhe seus comentários :

@INSTAGRAM